O que é gateway de pagamento e quais suas vantagens?

4 melhores práticas para pagamento recorrente!
7 de dezembro de 2018
Por que é importante fazer o gerenciamento de pagamentos online?
Por que é importante fazer o gerenciamento de pagamentos online?
11 de dezembro de 2018

Se você tem um e-commerce, sabe que um dos momentos mais importantes é quando o cliente vai finalizar a compra, não é mesmo? Muitos consumidores abandonam os produtos que estão no carrinho, principalmente se o processo de pagamento for muito burocrático. Para evitar isso, você pode contar com a ajuda do gateway de pagamento.

Primeiramente, é importante que você saiba o que ele significa: o gateway de pagamento é uma aplicação para quem vende on-line, que autoriza as transações feitas no seu e-commerce. Ou seja, ela faz a ponte entre a empresa, o cliente e os bancos, realizando a transmissão de dados de pagamento para que seja confirmada ou não a compra.

Essa ferramenta ainda é cheia de vantagens que valem a pena para quem trabalha com vendas na internet. Quer saber mais sobre isso? Confira abaixo e tire suas dúvidas!

Como ele funciona?

De um jeito bem simples e moderno: ele é bem parecido com os terminais de cartões de crédito instalados nas lojas físicas tradicionais. Isso significa que, quando o cliente manda as informações do seu cartão de crédito, esses dados são codificados e transmitidos por meio do gateway de pagamento. Essa interface envia todas essas informações para o banco do cliente.

Após isso, o gateway recebe uma resposta positiva ou negativa sobre a possibilidade de comprar com o cartão, se ele é válido e tem saldo, por exemplo. Feito isso, ele finaliza a compra do consumidor com o e-commerce. Essas transações são todas armazenadas para que você possa fazer a cobrança depois com o seu banco, recebendo finalmente a quantia certa pelas vendas.

Gateway de pagamento ou processador de pagamento?

É importante saber que existe outra forma de fazer vendas on-line, que é por meio do processador de pagamento. Ele é mais utilizado por pequenas e médias empresas, e ao invés de deixar todas as partes envolvidas integradas, o cliente na hora de pagar será levado a outra página, na plataforma do intermediador.

O problema desse modelo é que, por ser mais engessado, os consumidores tendem a desistir da compra ou fazê-la e depois não voltar mais. A vantagem é que você não precisará firmar contrato com empresas de cartão de crédito e bancos, o que pode ser realmente muito bom para quem está começando — contudo, as desvantagens também são enormes.

Como o gateway ajuda o negócio?

Falando agora nos diferenciais de apostar no gateway de pagamento, podemos citar a maior praticidade em relação ao processador, além de oferecer ao seu negócio um modelo unificado de contato com as operadoras de crédito. Sem essa ferramenta, por exemplo, você teria que falar com cada uma separadamente, sendo muito mais burocrático e demorado.

Vale dizer ainda que com o gateway, o processo de pagamento para o cliente é mais rápido e sem complicações, já que os dados da pessoa estarão sempre muito bem protegidos. Além disso, ele oferece custos menores para você e sua empresa, bem como ter uma ótima assistência para qualquer tipo de problema.

Conseguiu entender melhor como funciona o gateway de pagamento e como ele pode ser vantajoso para o seu e-commerce? Aposte nessa facilidade e potencialize suas vendas!

Gostou? Então, compartilhe nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a conhecerem mais sobre essa forma de pagamento on-line!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *